Por que chamamos o criado-mudo de criado-mudo?


O criado-mudo pode ser uma ótima opção para organizar o quarto. Como um pequeno aparador que geralmente é colocado ao lado da cama, a peça hoje possui diferentes designs, podendo ou não ter gavetas.

É muito comum também servir de apoio para um livro, controle remoto, celular ou um abajur, por exemplo.

Hoje temos no mercado uma gama de opções: com gavetas, sem gavetas, redondo, quadrado, triangular, entre outros. Aliás, hoje podemos fazer qualquer coisa virar um criado-mudo, basta usar a criatividade.

Os criado-mudos podem ou não fazer parte da cabeceira da cama, fixos ou móveis eles são sempre um apoio importantíssimo para todos os objetos dos quais você não consegue se separar na hora de dormir.


Mas você sabe de onde surgiu a origem do nome criado-mudo?

Antigamente, por volta de 1820, os nobres tinham servos, chamados de criados. Porém esses servos falavam muito e incomodavam os nobres que começaram a substituí-los por sermenetes, pequenas mesinhas que ficavam ao lado da cama, e tinham como função, ser apoio para copos, roupas e outros objetos.

Foi aí que os nobres perceberam que a peça poderia ter a mesma função dos servos, mas com uma diferença: não falam, sendo excelentes para servir e estar sempre ao lado. Então, para não confundir, os nobres começaram a chamar os servos de falantes e os sermentes de criados-mudos, sendo utilizado até hoje.

Mais alguns lindos modelos de criado-mudos para você se inspirar:

Se você gostou, fique ligado pois vem mais curiosidades por aí!

#curiosidade #dica #decoração #arquitetura #interiores #história #idéias #vocêsabia

0 visualização

+55 19 3252.2190

R. Alecrins, 111,  Cambuí, Campinas/SP

©2020